TCU determina ressarcimento de auxilio emergencial pago a militares

Os militares que receberam de forma indevida o auxílio emergencial pago pelo Governo Federal, no valor de R$ 600, terão que ressarcir o valor aos cofres públicos. A determinação foi feita por meio de uma liminar assinada pelo ministro Bruno Dantas, do Tribunal de Contas da União (TCU).

Segundo o Governo, 73,2 mil militares ativos, inativos, de carreira, temporários, pensionistas, dependentes e anistiados receberam o auxílio, destinado a trabalhadores informais neste período de pandemia do novo Coronavírus. As Forças Armadas estão analisando caso a caso a situação, para que o desconto, do mesmo valor do benefício, seja feito no salário dos militares.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*