Rodrigo Andrade e Bidu se abraçam e pedem desculpas após troca de socos e expulsões

Foto: Reprodução

Os jogadores Bidu e Rodrigo Andrade, do Guarani, vieram a público nesta terça-feira pedir desculpas pela briga e as expulsões após o clube ter vencido o Novorizontino no último domingo. Os atletas gravaram um vídeo lado a lado no clube e se desculparam pela troca de socos e pela expulsão, que os deixou de fora do clássico contra a rival Ponte Preta nesta quarta-feira.

A confusão começou segundo antes do apito final após um erro de saída de bola de Bidu, já aos 51 minutos do segundo tempo. Rodrigo Andrade sobe o tom na cobrança e chega a trocar “gentilezas” com Bidu. Os jogadores são contidos pelos companheiros. Mas segundos depois, quando o apito final é soado, os dois trocam brigam no gramado.

– Eu queria pedir desculpas a todos do Guarani, à torcida, desde o segurança até a tia da cozinha. Eu acho que eu agi muito na emoção do jogo. E a gente, muita vontade de ganhar, mas eu acho que não vai mais acontecer. Certeza. O Bidu foi um dos caras com quem eu mais me identifiquei no clube. E eu acho que só foi um momento de jogo mesmo, que não deveria acontecer – começou Rodrigo.

Depois foi a vez de Bidu falar, e o lateral discorreu longamente sobre a confusão.

– Pedir desculpas para toda a nação bugrina, ao clube, à instituição Guarani pelo fato ocorrido. Acho que foi um lance um pouco específico ali, que eu errei uma saída de bola, teve uma cobrança da equipe toda por conta de ser no final do jogo. Teve uma cobrança excessiva. Eu também estava estressado, no calor do jogo, querendo ganhar. Era um jogo muito importante para nós, que se ganhássemos poderíamos estar praticamente classificados. Então agi de uma forma sem pensar, cabeça quente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*