Primeira pessoa recebe vacina experimental contra o coronavírus em Seattle

A primeira paciente a receber a vacina foi Jennifer Haller, de 43 anos.

Primeira paciente para o teste da vacina
A primeira paciente a receber a vacina foi Jennifer Haller, de 43 anos.

Na segunda-feira (16) começou um novo estudo de fase 1 de uma potencial vacina para o covid-19. Chamada de mRNA-1273, a vacina foi desenvolvida pela empresa Moderna e obteve combinação com os pesquisadores do National Institutes of Health (NIH). O estudo está sendo conduzido e recebendo orientações do Instituto de Pesquisas em Saúde Kaiser, em Seattle. A pesquisa dessa primeira fase tem como objetivo testar 3 doses diferentes da vacina e recrutar 45 adultos sem a doença para o teste inicial.


Esses primeiros participantes receberão 2 doses, com 28 dias de intervalo e serão observados para a avaliação da segurança e a imunogenicidade da vacina. No último dia os pesquisadores verão quão bem ela estimula uma resposta imune a uma proteína na superfície do coronavírus.


A primeira paciente a receber a vacina foi Jennifer Haller, de 43 anos. “Espero que cheguemos a uma vacina em funcionamento rapidamente e que possamos salvar vidas e que as pessoas possam voltar à vida o mais rápido possível.”


O Diretor Médico da Moderna deu um comunicado e disse “Este estudo é o primeiro passo no desenvolvimento clínico de uma vacina de mRNA contra SARS-CoV-2, e esperamos que ela forneça informações importantes sobre segurança e imunogenicidade”. Ele ainda complementou falando que a empresa já está trabalhando com outras organizações e se preparam para o estudo da fase 2, envolvendo mais pacientes.


Mesmo que o design e a produção da vacina tenham sido rápidos, a avaliação levará um bom tempo. Todos que participarem serão acompanhados por 12 meses, após a segunda vacina, para poder coletar os dados que os pesquisadores precisam descobrir se é seguro e eficaz. O estudo continua aceitando voluntários entre 18 e 55 anos em Seattle para ajudar nos testes.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*