20 de May de 2019

No dia da mentira, Jeferson Andrade completa 6 anos no poder em Madre de Deus

Jeferson Andrade (DEM) completou 6 anos que assumiu a prefeitura de Madre de Deus nesta segunda-feira (1º). Carmen Gandarela, na época PT, anunciou a renúncia de mandato e teve pedido homologado no dia 26 março de 2013. Na ocasião, a renúncia foi lida no fim da tarde, na Câmara Municipal. O texto, foi lido pelo então secretário de governo, Luis Montal, durante a sessão plenária. (Veja o vídeo abaixo)

Ex-prefeita Carmen Gandarela e prefeito Jeferson Andrade (Foto: Reprodução)

“Um motivo de ordem pessoal, ela está se submetendo a um problema de saúde. Está todo mundo triste, perplexo, consternado, o clima é de muita comoção”, afirmou o secretário. “Hoje é o dia mais triste da minha vida”, disse Carmen através da carta. A mensagem também pediu que a população acolhesse o futuro prefeito, que iria levar a cidade a continuar o seu caminho de prosperidade, ressaltando o desempenho de Andrade quando foi prefeito por sete meses anteriormente. (Veja o vídeo abaixo)

Sem clima de celebração, 6 anos depois de Jeferson assumir o comando da prefeitura, a data surge num momento de uma nova onda de decepção popular impulsionada por moradores da cidade que atingem em cheio o atual prefeito. As críticas contra o mandatário, nas redes sociais ou de opositores na Câmara, lembram muito os discursos feitos por Jeferson direcionados a então prefeita Nita de Brito.

“Nós estamos já, no mês de setembro, já vão completar dois anos que a prefeita Eranita de Brita se deleita pela segunda vez na sua eleição […] eu entendo, o discurso mais agressivo pela falta de trabalho… Nossa cidade está parada! Os programas para juventude, todos foram estagnados.

Na cultura , não se gasta dinheiro neste município, no esporte muito menos. Ou seja, nesta cidade não a obras, não a programas. Exceto os essenciais, como família cidadã e o bolsa estágio, mas a cultura, o esporte, a juventude e os idosos, estão esquecidos”, disparou o ex-vereador Jeferson Andrade em 2010.

Ele acresenta aos gritos:  “O importante era assumir a prefeitura ,  o importante era assumir o poder, o importante era assumir a cadeira, mas a responsabilidade com o povo não”. O prefeito Jeferson, enquanto vereador foi o parlamentar com discursos mais duros a sua atual secretária de Educação, Nita de Brito.

Veja vídeo de renúncia da ex-prefeita Carmen:

 

O post No dia da mentira, Jeferson Andrade completa 6 anos no poder em Madre de Deus apareceu primeiro em Bahia Manchetes.


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.