15 de October de 2019

Ninguém está querendo suprimir o papel do presidente, diz Maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta segunda-feira que o Congresso não tem a intenção de reduzir as atribuições do presidente da República.

Maia falava sobre a disposição do Legislativo de tocar uma agenda de prioridades —relacionada principalmente às reformas da Previdência e tributária— em um podcast distribuído por sua assessoria nesta segunda-feira. No fim de semana, o presidente Jair Bolsonaro sugeriu que o Parlamento estaria tentando transformá-lo em “rainha da Inglaterra” ao aprovar projeto que limita as indicações políticas para agências reguladoras.

“Eu e Davi (presidente do Senado, Davi Alcolumbre), a gente tem conversado muito sobre a necessidade do Congresso também cumprir um papel relevante na pauta do Brasil”, afirmou o presidente da Câmara.

“Ninguém está querendo suprimir o papel do presidente da República, nem as suas prerrogativas. Até porque tem muitos projetos que nós dependemos do Poder Executivo,”, argumentou.

O deputado afirmou que mantém contato constante com técnicos da equipe econômica para discutir a agenda de votações e acrescentou que deve se reunir ainda nesta semana com o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

“Essa semana vamos estar com o presidente do Banco Central para discutir a nova lei cambial que ele está preparando”, disse Maia, acrescentando que a redução dos juros bancários e a autonomia da autoridade monetária também devem ser abordados no encontro.

O presidente da Câmara afirmou ainda ter a expectativa que a reforma da Previdência possa ser votada até a quinta-feira desta semana na comissão especial da Câmara onde tramita, para que possa ser analisada pelo plenário da Casa na primeira ou segunda semana de julho.

O post Ninguém está querendo suprimir o papel do presidente, diz Maia apareceu primeiro em BAHIA NO AR.


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.