17 de July de 2019

Moro contradiz Bolsonaro e defende radares em documento enviado à Câmara

O ministro da Justiça Sergio Moro encaminhou à Câmara dos Deputados documento que contraria o presidente Jair Bolsonaro na noção de segurança no trânsito.

O ofício, que foi elaborado pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) afirma que os radares têm “potencial para colaborar” com a diminuição de acidentes. Bolsonaro, ao contrário, já defendeu a retirada de radares das rodovias federais. As informações são do jornal O Globo.

O documento, produzido em 8 de maio, foi enviado por Moro à Câmara no dia 17, respondendo a requerimento do deputado Ivan Valente (Psol-SP). O congressista cobrava explicações acerca de declarações de Bolsonaro de que os radares seriam retirados das estradas à medida em que os seus contratos de operação fossem concluídos.

O ofício não só fala do potencial dos radares para diminuição da violência no trânsito, como defende 1 sistema ainda mais rigoroso, que é o monitoramento eletrônico das rodovias.

No documento ainda consta uma planilha que atesta a redução de 59% de acidentes e mortes nas estradas federais entre 2014 e 2018, resultando numa diminuição de 36% das mortes no trânsito, no mesmo período. O texto, no entanto, não comenta as declarações do presidente.

O post Moro contradiz Bolsonaro e defende radares em documento enviado à Câmara apareceu primeiro em BAHIA NO AR.


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.