15 de October de 2019

Moema Gramacho anuncia rompimento com a deputada estadual Mirella Macedo

A prefeita de Lauro de Freitas Moema Gramacho (PT) emitiu uma nota nesta quarta-feira anunciando seu rompimento com a atual deputada estadual e ex-vice-prefeita e Lauro, Mirella Macedo (PSD). “Esperei! Esperei 10 dias silente, sem responder uma linha em qualquer veículo de comunicação, que a Deputada Mirela Macedo se retratasse”, diz parte da nota em que a prefeita alega que Mirella procurou a mídia para provocar o rompimento entre as partes.

Na ultima segunda-feira(8), a deputada estadual, que era aliada política de Moema, concedeu entrevista ao programa Bahia no Ar e mostrou-se insatisfeita com a gestão da prefeita. Na ocasião ela disse que “ela[Moema] mudou muito o estilo de gerir o município em comparação as duas primeiras gestões. Ainda para Mirella , o grupo de secretariado precisa ser revisto e que “o resultado está abaixo do esperado pela população. Não existe conversa entre a gestão e o meu mandato como deputada estadual. Acredito que o secretariado precisa de mais autonomia e Moema não faz isso”, disse.

Na nota, a prefeita de Lauro de Freitas faz um retrospecto de sua gestão e finaliza pontuando que o rompimento foi uma opção de Mirella. “Vossa Excelência preferiu dialogar primeiro com a mídia, sem preocupação com nossa imagem, nem a imagem do Governo do Estado do qual faz parte. Foi sua opção!”, conclui.

Leia nota da prefeita Moema Gramacho na íntegra:

Esperei! Esperei 10 dias silente, sem responder uma linha em qualquer veículo de comunicação, que a Deputada Mirela Macedo se retratasse.
Esperei pela consideração que sempre tive a ela, à Vereadora Miriam, ao Secretário Erasmo, à Secretária Bárbara e a tantos outros do PSD.
Esperei pelo respeito que nutro pelo Senador Otto Alencar e pela relação que construímos PT/ PSD.
Esperei porque vim mantendo contato com a SERIN do Governador Rui Costa e com o Senador Otto que, como eu, apostavam na sua retratação para manutenção da unidade.
Mas, ao invés de se retratar, a Deputada foi ao Programa de Mário Kertesz provocar, de público, o rompimento.
Além de reafirmar tudo o que havia dito antes (que são inverdades – e também tenho documentos que comprovam), tentou confundir o eleitor afirmando que não teria “Coligação” pra candidatura a Prefeito (a) na próxima eleição. Ora, sendo Deputada, deveria saber que não haverá “Coligação” pras “Proporcionais”, mas pra Majoritária, sim!
A menos que ela tenha, de fato, querido antecipar que não terá Coligação PT/ PSD pela sua vontade.
Falou que eu fui responsável por não a convidar pro evento do Governador naquele sábado.
Tentou me jogar contra a Secretária Cibele, da SERIN, dizendo ter ela afirmado que era eu quem deveria convidá-la pro evento com o Governador.
Cibele já cansou de explicar à deputada que o evento foi fechado, sem convites pra deputados e que me disse pra não mobilizar, que o Governador só ia fazer um exercício de matemática numa aula de “Reforço” numa Escola Estadual. Que bastava eu ir recebê-lo, até porque seria uma coisa rápida e eu teria a posse da secretária Vânia, no mesmo horário, em outro local.
Não chamei nem o Líder do Governo, o Deputado Rosemberg, que é morador do Município.
A Deputada fez duras críticas ao Governador diretamente no face dele e foi bloqueada. Com certeza viu que pisou na bola e quis revidar em mim.
Achou pouco, vai pra tribuna da ALBA, Casa onde tive três mandatos e, modéstia à parte, muito respeitada, e diz que eu teria usurpado uma emenda de ambulância dela.
Vejam só: eu que coloquei, dentre outras, no último ano do meu mandato de Deputada Federal, 7,5 milhões de reais de emendas pra Saúde do Estado da Bahia, ia precisar usurpar emenda de uma ambulância da Deputada Mirela?

Mas eu não deveria me surpreender. É da natureza da Deputada.
Em 2012 eu não conhecia Mirela, mas o então marido dela, me procurou e me pediu: “- Prefeita, me arranje um Partido pra eu colocar minha mulher pra eleger ela vereadora. Só não quero o PT porque lá ela não tem chance, me arranje outro”.
E eu, que havia organizado, sob a delegação do Senador Otto, o PSD no Município, coloquei a esposa do Comerciante lá. E busquei fortalecer o partido com nomes conhecidos no município. Já no primeiro ano de existência do PSD fizemos dois vereadores, dentre eles, Mirela. Eleita pela nossa “Coligação”.
Entretanto, na eleição seguinte, menos de dois anos depois, eu saí candidata à Deputada Federal, mas ela apoiou João Gualberto, do PSDB, dentro de Lauro de Freitas, oposição a mim e ao Governo Wagner.
Fui eleita Deputada Federal com 81 mil votos e destes 18,5 mil em Lauro de Freitas; ela ficou na segunda suplência de Deputada Estadual. Continuou Vereadora.
Aí veio a campanha pra Prefeitura em 2016. Eu pontuava com 70 % das intenções de votos nas pesquisas e muitos queriam ser vice. Convidei Mirela e fomos juntas conversar com o Senador Otto. Fiz questão de perguntar:
“-Se tiver a vaga pra Deputada Estadual, Mirela vai pra Deputada ou fica comigo como Vice? Olha, eu vou renunciar ao meu mandato de Federal!”
E ambos afirmaram que se ganhássemos ela ficaria como Vice.
Ganhamos! E Mirela, de novo me traiu e traiu o povo de Lauro de Freitas e foi ser Deputada Estadual.
Mas eu mantive meu compromisso com ela e com o PSD. Entreguei pra ela uma das maiores e mais importantes Secretarias, a da Saúde, e a da Mulher (esta última pra contemplar também a única Vereadora eleita pelo Partido dela).
E a conversa foi com ela que é a Presidenta do PSD, cargo que eu pedi ao ex-Presidente – que era uma pessoa ligada a mim – pra passar pra ela.
São mais de 400 cargos ocupados pelo PSD só na Secretaria de Saúde, além dos demais nas outras áreas.
A Deputada mente quando diz que nunca foi convidada pra nada em Lauro.
Já participamos de inúmeros eventos juntas, Conferências, inaugurações de postos de saúde, dia da mulher, Outubro Rosa, feiras de saúde nos Condomínios de MCMV (às vezes ela sozinha, sem mim), Mutirão de Cirurgias, reuniões intermináveis sobre a Secretaria, etc.
Pena que a Deputada não usa Zap e mesmo tendo o Secretário de Saúde dela, a Secretária da Mulher dela, uma Vereadora atuante dela e um exército de servidores na Prefeitura, se sinta sem informações e sem convites.
Dizer que pediu uma agenda pra mim em novembro e só conseguiu em fevereiro, pergunta por quê?
Eu não fui pro exterior de férias. Aliás, nunca tirei férias, não sai da cidade. Trabalhei nesses meses diuturnamente e os técnicos dela da saúde sabem disso, porque ficamos vários finais de semana juntos tentando redução da folha da saúde, sem conseguir.
Tenho prints de mensagens que mando pra assessora dela, Janete, tentando falar com ela, sem sucesso.
E quanto à posse da Secretária Vânia Galvão, que ela continua dizendo que não foi convidada, temos documento protocolado na ALBA do convite da posse, que aconteceu no mesmo dia da vinda do Governador. Mas que ela preferiu ir visitar a feira na Quingoma no mesmo horário. Nada contra a feira, até porque eu incentivo. Mas se ela quisesse daria pra conciliar.
Agora vamos tratar da Ambulância:
Quando fui Deputada Federal, dentre os mais de 34 milhões de reais de emendas que tive oportunidade de propor, coloquei no último ano, emenda no valor de 7,5 milhões de reais pra Saúde do Governo do Estado. E desde o início de 2017 venho buscando junto ao Governo o cumprimento do que foi devido pra Lauro de Freitas. Dentre os diversos equipamentos, duas ambulâncias.
Em julho, fui comunicada pela Secretaria de Saúde do Estado que receberia as ambulâncias que já haviam sido compradas.
Em uma audiência do Orçamento Participativo garanti à população de Vida Nova que colocaria essa ambulância, fruto da emenda, lá no Posto de Saúde.
A Deputada Mirela por sua vez também teria pedido ambulância ao Governo do Estado pra colocar em outro lugar do município.
Só entregamos a ambulância pro posto de Vida Nova em novembro de 2018, depois de equipá-la. E tudo foi organizado pela Secretaria de Saúde do Município e a Gerente do Posto, que é do Partido da Deputada.
Entretanto, a Deputada precisa lembrar que foi entregue uma ambulância em nome dela, pelo Secretário Erasmo e pelo representante do Partido dela, em Areia Branca, em data anterior, sem que eu tivesse sido comunicada antecipadamente; fiquei sabendo pela ampla divulgação no dia da entrega.
Será que nem nesse dia avisaram a Deputada?
Precisa que eu lembre à Deputada que ela entregou primeiro uma ambulância antes de eu entregar a segunda?
Não, Deputada Mirela! Na política não vale tudo!
Ética e respeito pra mim são pilares fundamentais pra qualquer relação e principalmente na política.
A Senhora faltou com ambos e ainda queria que eu a seguisse nesse caminho, respondendo-a com a mesma precipitação. Não a respondi antes, aguardando que sua raiva passasse e voltasse a consciência da importância de continuarmos juntas reconstruindo a cidade que o povo confiou à nós duas e venho, com todas as dificuldades da crise que estamos – nós e todos os municípios – enfrentando, da destruição deixada pelo gestor anterior, da mesquinhez da oposição com denúncias infundadas, dentre outras coisas, diuturnamente trabalhando pra fazer o melhor. E a Senhora sabe disso. Sabe que quase não durmo. Sabe que não estou sumida coisíssima nenhuma e que vivo reunindo com tanta gente e andando na cidade toda. Sabe do quanto de obras estamos fazendo e se não souber é porque não quer, porque teriam muitos dos seus pra lhe mostrar.
Mas a Senhora está preferindo o caminho que acha mais fácil. Tentar desestabilizar o Governo e dizer que é candidata pra salvar.
Quem vai confiar?
Por tudo isso e pela quebra da confiança é que aceito a sua provocação pro rompimento.
Agradeço, entretanto, a todos os companheiros e companheiras do PSD pela contribuição que deram até então à gestão.
Em breve convidarei os servidores da Prefeitura, que façam parte do PSD, pra conversarmos.
Agradeço, de coração, ao Senador Otto Alencar, que sei, com certeza, tentou de tudo pra manter essa aliança.
Agradeço à Secretária Cibele que durante todos esses dias dialogou comigo na expectativa dessa retratação, em vão.
Vossa Excelência preferiu dialogar primeiro com a mídia, sem preocupação com nossa imagem, nem a imagem do Governo do Estado do qual faz parte. Foi sua opção!
Atenciosamente,

Moema Gramacho
Prefeita de Lauro de Freitas

O post Moema Gramacho anuncia rompimento com a deputada estadual Mirella Macedo apareceu primeiro em BAHIA NO AR.


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.