12 de September de 2019

MEC anuncia avaliação da alfabetização infantil por amostragem

Depois de o Ministério da Educação recuar da decisão de não avaliar o nível de alfabetização das crianças, a pasta mudou a metodologia. Em vez de fazer uma avaliação universal das crianças no 2º ano do Ensino Fundamental, a pasta vai fazer a sondagem por amostragem.

Em coletiva de imprensa, o ministro Abraham Weintraub afirmou que o novo método não traz prejuízo a série histórica. De acordo com ele, há instrumentos econométricos capazes de alinhar os resultados. “Não haveria série histórica se deixássemos de fazer [a avaliação]”.

O ministro disse ainda que o método mudaria de qualquer forma, pois a partir de agora a avaliação passa a seguir as diretrizes da nova BNCC (Base Nacional Comum Curricular”.

Ao lado do ministro, o presidente do Inep (órgão do MEC responsável pela avaliação), Elmer Vicenzi destacou que os resultados do Saeb (Sistema de Avaliação da Educação Básica) são fundamentais para elaboração de políticas públicas.

“O Saeb serve para interpretar e trazer um conhecimento para os formadores de política. (…) Com ele é possível monitorar se as políticas estão sendo eficientes e corrigir rumos.”

Além de manter a alfabetização, o MEC vai incluir a avaliação dos conhecimentos de ciência.

O post MEC anuncia avaliação da alfabetização infantil por amostragem apareceu primeiro em BAHIA NO AR.


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.