22 de October de 2018

Lula é absolvido em processo sobre obstrução à Lava Jato

O juiz Ricardo Augusto Soares Leite, da 10ª Vara Federal Criminal do Distrito Federal, sentenciou nesta quinta-feira (12), a absolvição do ex-presidente Lula, no caso do suposto esquema para a compra do silêncio do ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró.

Segundo o magistrado, o áudio captado durante o inquérito não constitui prova válida para ensejar qualquer decreto condenatório. “Mesmo assim, a prova fornecida (a gravação obtida) foi deficiente. Não esclarece vários pontos, ensejando dúvidas e omissões”, destacou Ricardo Leite.

Além do ex-presidente, também foram absolvidos o ex-senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS), Diogo Ferreira, ex-chefe de gabinete de Delcídio, o banqueiro André Esteves, Edson Siqueira de Ribeiro Filho, ex-advogado de Cerveró, além do pecuarista José Carlos Bumlai, amigo do ex-presidente, junto com seu filho, Maurício Bumlai.

Em nota, a defesa de Lula avaliou que Leite reconheceu que “há deficiência probatória, afastando a acusação de que Lula teria tentado impedir ou modular a delação premiada de Cerveró”. Para a equipe de defensores, a acusação “se baseou em versão criada por Delcídio do Amaral para obter benefícios em acordo firmado com o Ministério Público Federal”.


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.