Jogadores do Santos reclamam de corte de 70% nos salários

Os jogadores do Santos estão tentando fazer um acordo com a diretoria do Clube, depois que o salário dos atletas foi cortado em 70%. Segundo os atletas, eles haviam feito um acordo para que os repasses tivessem 30% de corte, por causa crise provocada pela pandemia da Covid-19, mas, na terça-feira (12), foram surpreendidos com um valor muito abaixo do esperado.

Ainda de acordo com os jogadores, que não descartam a possibilidade de acionar a Justiça contra o Clube, o desconto teria sido acordado entre as partes no dia 9 de abril. Além disso, eles também abriram mão de mais R$ 6 mil mensais para serem repassados a outros funcionários do clube.

Segundo o Santos, o desconto é de 35%, não de 70%, porque metade do corte será devolvido nos meses seguintes. O Clube ainda ressaltou que a redução dos salários nesse patamar se faz necessária para evitar a demissão de funcionários com salários de até R$ 6,1 mil, que são 80% do quadro total. Esses não sofrerão reajustes.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*