Flamengo vence o Unión La Calera no Maracanã e segue na liderança do Grupo G da Libertadores

O Flamengo goleou o Unión La Calera por 4 a 1, no Maracanã, na noite desta terça-feira, no segundo jogo da fase de grupos da Libertadores, e segue isolado na liderança do Grupo G. Após um grande primeiro tempo, com gols de Gabigol e Arrascaeta, o Rubro-Negro acabou sofrendo uma queda de rendimento na segunda etapa e viu o time chileno diminuir com Saéz.

Mas, após sofrer uma pressão por alguns minutos, o Fla voltou a mandar na partida e fez o terceiro com Gabigol novamente. Antes do fim, Pedro ainda saiu do banco para marcar um golaço de cavadinha em jogada rápida de Vitinho.

O Flamengo controlou as ações do confronto desde os primeiros minutos. Mas, por mais que o gol fosse questão de tempo pelo ritmo da partida, o Rubro-Negro demorou para marcar após várias investidas. O primeiro gol saiu aos 30 minutos. Após grande troca de passes, Gabigol abriu o placar para o Rubro-Negro em jogada que destacou o coletivo. O gol deu tranquilidade e fez o La Calera sair para o jogo. Foi então que em um contra-ataque rápido, Bruno Henrique encontrou Arrascaeta na entrada da área. O meia só teve o trabalho de escolher o canto para marcar o segundo. Com 2 a 0 no placar, o Fla seguiu soberano e foi para o vestiário com o jogo completamente dominado.

O La Calera voltou para o segundo tempo ensaiando uma reação e buscando o jogo nos primeiros minutos, enquanto o Flamengo diminuiu muito o ritmo apresentado na primeira etapa. A insistência do time chileno teve efeito. Aos 11, Sáez foi lançado nas costas da defesa rubro-negra e diminuiu o placar. O gol deu vida ao La Calera, que passou a ameaçar o Rubro-Negro. Mas, após sofrer com a queda de rendimento, o Fla encontrou o terceiro gol com Gabigol, que tinha errado no lance anterior, mas encontrou a rede após toque de Bruno Henrique. Minutos depois, em jogada rápida de Vitinho, Pedro, que tinha saído do banco, marcou um golaço de cavadinha e decretou a goleada.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*