22 de August de 2019

Estudante com síndrome de Down fica trancada em escola no oeste do estado

Uma estudante de 29 anos, que tem síndrome de Down, ficou trancada por quase 6 horas, dentro de uma escola estadual de Serra do Ramalho, no oeste do estado, após a direção da instituição cancelar o dia de aula e fechar o local, sem perceber que a aluna estava dentro de uma das salas de aula.

Segundo informações do G1, Ivandeide Rodrigues dos Santos foi levada por um dos irmãos ao Colégio Estadual Anísio Honorato Godoy, por volta das 13h de segunda-feira (1º).

A aluna entrou na unidade e foi direto para a sala de aula. Quando foi buscar a filha, por volta das 17h30, a mãe dela ficou desesperada ao encontrar a filha trancada na unidade.

A mulher então acionou a Guarda Municipal, que foi até o local e, por volta das 18h40, arrombou os cadeados do colégio, para que Ivandeide pudesse sair.

O G1 entrou em contato com a direção da escola, que informou que a mãe da estudante a deixa todos os dias no pátio da escola, e ela é encaminhada para a sala de aula com a ajuda de um funcionário. Na segunda-feira, ela foi levada pelo irmão, que a deixou na frente da instituição e eles não perceberam a presença dela no colégio.

Ainda de acordo com a nota da direção, a escola estava aberta, embora tenha sido “ponto facultativo”. Segundo eles, os funcionários saíram da instituição às 16h10.

A direção também informou que a escola se retratou com a família, pedindo desculpas e afirmou que não possui um cuidador, mas tem funcionários que mantém cuidados necessários com a estudante e com um outro aluno com síndrome de Down.

O post Estudante com síndrome de Down fica trancada em escola no oeste do estado apareceu primeiro em BAHIA NO AR.


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.