23 de August de 2019

Estudante com Síndrome de Down é deixada trancada em escola no Oeste da Bahia

Uma estudante de 29 anos, portadora de Síndrome de Down, foi deixada trancada no colégio Estadual Anísio Honorato de Godoy, na cidade de Serra do Ramalho no Oeste da Bahia.

A estudante, do 1º ano, chegou a escola por volta das 13h e foi direto para a sala, onde ficou sentada a espera da aula começar. No entanto a direção da unidade de ensino dispensou os alunos que estavam na área de recreação, por conta do ponto facultativo do dia 1º, véspera do feriado de 2 de julho e muitos professores não tinham ido trabalhar, no entanto, sem verificar as salas de aula.

“Mas ninguém se preocupou em passar nas salas para dar esse aviso e minha irmã ficou trancaram na escola, sozinha. Nem vigia ficou. Uma total irresponsabilidade”, disse ao Correio*, o funcionário público municipal Alailton Rodrigues, irmão da estudante.

De acordo com Rodrigues, a irmã dele relatou que quando percebeu que não tinha ninguém na escola foi para a porta da unidade e sentou numa cadeira para esperar que alguém aparecesse.

A mãe da estudante, só deu conta do acontecido quando foi buscá-la e ela estava sentada próximo ao portão. A mãe acionou a Guarda Municipal que quebrou o cadeado do portão pra aluna sair. Segundo os familiares da aluna, ela não teve medo de ficar sozinha.

Em nota ao Correio da Bahia, a Secretaria Estadual da Educação (SEC) informou que “irá apurar o caso para a adoção das medidas cabíveis.”

A direção da Escola Estadual soltou uma nota em uma rede social para tentar explicar o que havia acontecido.

The post Estudante com Síndrome de Down é deixada trancada em escola no Oeste da Bahia appeared first on Portal do Cerrado.


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.