15 de October de 2019

Empresário registra imagens de obra no “Genvelho” e diz que milhares de árvores foram cortadas

O empresário Ivanilson Souza registrou imagens e publicou numa rede social a situação atual da localidade conhecida como “Genvelho”, em Madre de Deus. No post, ele ressalta que é a favor do progresso no município, apontando benefícios como a geração de emprego e renda. Discorrendo em seguida sobre os problemas causados pelo empreendimento.

“A trilha ficava longe do empreendimento, a mais de 50 metros, mas hoje já chegou em nossa trilha, cortou parte da trilha deixando um barranco de quase 15 metros de altura. Risco enorme de alguém se acidentar”, escreveu.

Ele conta  que pediram ao responsável pela obra para fazer uma proteção para evitar acidentes, mas o funcionário se negou.

“O responsável pela obra disse que não ia fazer nada, que se nós quiséssemos era para nós mesmo fazermos (sic)”, completa.

Ele defende que as empresas que desejam vir para o município devem manter uma relação harmoniosa com a comunidade.

Logo depois, descreve a dificuldade de um morador para conseguir autorização quando pretende cortar uma árvore nas imediações de seu imóvel.   “Vimos aí pelas fotos e que centenas ou talvez milhares [de árvores] foram cortadas”, lamentou.

Ao Bahia Manchetes o empresário disse através de mensagens que “é preciso conhecer de fato o projeto” e questiona o que “vai ficar para Madre de Deus”.

“Sabemos que a feira e a peixaria sera aí. Mas é preciso saber o que mais será construído porque a área é muito grande. Se tiver muitos benefícios para o turismo, para o povo e o comércio sou a favor”, afirma.

Interpelado sobre possíveis impactos ambientas no terreno,  ele aponta que não sabe dimensionar porque não tem experiência na área, mas acresenta que “muitas arvores foram cortadas”.

“Pelas questões ambientais acho que tem que arcar com as responsabilidades e deve ter as punições devidas”, asseverou.

Vereador Juscelino Silva foi o primeiro a denunciar o empreendimento, ressaltando impactos ambientais e omissão do puder público.

Em um vídeo, o vereador convocou a população para entrar com uma ação contra a obra que segundo ele, ocupa mais de 60 mil metros quadrados: “Pegando de Madre de Deus a próximo de Santo  Estêvão, é essa área que esta sendo tomada. E o gestor diz que não tem espaço para trazer fabricas para empregar o nosso povo”.(Relembre aqui)

O post Empresário registra imagens de obra no “Genvelho” e diz que milhares de árvores foram cortadas apareceu primeiro em Bahia Manchetes.


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.