14 de October de 2019

Em entrevista, Pastor Gilmar diz que não vê o prefeito Jeferson há quase 3 anos: “Se distanciou do povo”.

O presidente da União dos Ministros Evangélicos de Madre de Deus (UMEMAD), pastor Gilmar França, disse na manhã desta segunda-feira (25) que não consegue falar com o prefeito Jeferson Andrade (DEM) “há quase três anos”. Em entrevista à rádio Madre FM, o Pastor deu a declaração quando perguntado sobre a semana evangélica no município.

“Eu acho que faltaram com respeito conosco. É… Perguntar algumas coisas pra mim é desafiador porque eu não tapo o sol com a peneira, eu sou muito direto! Nós fomos desrespeitados, várias reuniões para realização da última semana evangélica. Com senhoras, programamos, fizemos contato e fomos desrespeitados”, revelou.

Ouça abaixo áudio do Pastor:

O religioso relata que “mais do que investir verba em eventos evangélicos, católicos e espíritas o investimento desse ser no povo, mas a partir do momento que você tem uma verba designada, um recurso aprovado e isso não vem é complicado”. Relatando em seguida que outras vertentes estão sendo valorizadas.

Ouça a declaração do Pastor abaixo:

Segundo ele, vai tentar um diálogo com Jeferson, ressaltando a dificuldade em falar com o chefe do Executivo.

“Tem três anos que eu não vejo o prefeito [Jeferson], três anos vai fazer. Eu falei pra ele na Câmara de Vereadores na posse de Paulinho [presidente do Legislativo]”, afirmou.

Ouça o áudio do Pastor abaixo:

Logo depois, o Pastor pondera ao afirmar que “Jeferson é gente boa”, e que, a UMEMAD precisava se organizar melhor, mas que faltou atenção por parte do gestor.

“Você ser indiferente, você querer falar com alguém e não conseguir, aí é outra coisa… Aqui é um ser humano, eu sou uma liderança aqui e fui procurado para ajudá-lo”, recordou.

Ouça a declaração do Pastor  abaixo:

Ele conta que viu “o prefeito na sexta-feira antes da eleição”. E garante que sabe de quem ele depende. “Eu posso precisar, mas depender não! Você não depende de mim, você pode precisar de mim. E a questão de alguns quando chega em uma determinada posição é fazer que o povo dependa. A cidade precisa, não depende! É isso que todo gestor público, seja ele do Executivo e do Legislativo precisa entender… O povo precisa, o povo não depende”, asseverou. Ele ainda acrescenta: “Os recursos pertencem ao povo, o dinheiro pertence ao povo, a saúde pertence ao povo, a educação pertence ao povo, a segurança pertence ao povo”.

Ouça abaixo o áudio do Pasto:

Para ele, Jeferson é uma pessoa “capaz e inteligente”, mas se “distanciou do povo”.

Ouça abaixo a declaração do Pastor:

O post Em entrevista, Pastor Gilmar diz que não vê o prefeito Jeferson há quase 3 anos: “Se distanciou do povo”. apareceu primeiro em Bahia Manchetes.


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.