Covid-19: Time carioca é condenado por apresentar testes falsos

Time e dirigentes são punidos por apresentar exames falsos da Covid-19 para participar do Campeonato Carioca

Time carioca condenado por apresentar exame falso da Covid-19
Time carioca apresentou laudos falsos de exames contra a Covid-19

O Rio de Janeiro tem 713 mil casos de Covid-19 confirmados e 42.110 mortes em consequência da doença. O estado segue com medidas restritivas para tentar conter o avanço da doença. Assim, restaurantes e bares só podem funcionar até às 21h, boates não podem abrir e está proibida a permanência de pessoas nas praias e nas ruas entre 23h e 5h.

As restrições também chegaram nos estádios de futebol e, em campo, somente jogadores e a equipe técnica podem atuar, além de serem exigidos testes da doença para que as partidas aconteçam com segurança.

Tudo isso para preservar a saúde dos atletas e do público. No entanto, falsificações colocam em risco todo esse esquema. O Mesquita Futebol Clube foi condenado pela 7ª Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro por ter falsificado duas vezes, laudos de exame da Covid-19.

Os exames foram apresentados para a disputa da Série B2 do Campeonato Carioca. Responderam ao processo o ex-presidente Cleber Louzada, o atual Ângelo Benachio e o gestor Antônio Carlos Dias de Souza. Antônio Carlos recebeu multa de R$30 mil e foi suspenso por 1440 dias.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*