Brasil passa a testa sangue de infectados pela Covid-19

As pesquisas, que estão acontecendo em hospitais das clinicas da faculdade de medicina da USP, reuniram 120 participantes que tenham desenvolvido a versão grave da doença e que não vão receber ventilação mecânica

Reino Unido desenvolve um teste de picada no dedo que produz resultados em 10 a 15 minutos.
Reino Unido desenvolve um teste de picada no dedo que produz resultados em 10 a 15 minutos.

O Brasil começou a testar o plasma de pessoas que já se curaram da Covid-19, como forma de isolar um componente que possa auxiliar no tratamento daqueles que ainda estão infectados pelo vírus.

As pesquisas, que estão acontecendo em hospitais das clinicas da faculdade de medicina da USP, reuniram 120 participantes que tenham desenvolvido a versão grave da doença e que não vão receber ventilação mecânica. O Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação financia os testes em R$ 5 milhões.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*