5 de December de 2019

Bispo ataca Caetano Veloso durante missa em celebração a ditadura

O bispo dom José Francisco Galvão, da Arquidiocese Militar teria atacado o cantor baiano Caetano Veloso durante uma missa em celebração a ditadura militar no último domingo (31), no Distrito Federal, segundo informações do site da Veja.

Ainda de acordo com o portal, o bispo teria dito que até mesmo as liberdades tem limites e citou a música “É proibido proibir”, de autoria de Caetano e criticou o cantor: “E tem um imbecil que nos anos 70 cantou que é proibido proibir. Gostaria de dar veneno de rato para ele”. No final o bispo chamou ao altar os militares que obtiveram promoção.

Em nota a Arquidiocese Militar do Brasil disse que não houve celebração ao golpe de 64 e que a missa ocorreu “pela promoção de oficiais generais do Exército Brasileiro”. O comunicado ainda informa que em nenhum momento foi dito algo sobre ditadura, ou tenha sido feito alusão a algum cantor ou compositor.

O post Bispo ataca Caetano Veloso durante missa em celebração a ditadura apareceu primeiro em BAHIA NO AR.


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.