19 de August de 2019

Bancada do PT faz ato na ALBA e cobra identificação de quem mandou matar Marielle Franco e Anderson Gomes

Os deputados estaduais do Partido dos Trabalhadores fizeram um ato dentro do plenário da Assembleia Legislativa da Bahia, na tarde desta quarta-feira (13), em que cobraram a identificação dos mandantes dos assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, crime ocorrido em 14 de março do ano passado. Os deputados do PT, mas também parlamentares do PSOL, PC Do B, PSD e do DEM, que se somaram ao ato, usaram placas, cartazes e camisetas com a pergunta “Quem Mandou Matar Marielle?”

Na terça-feira (12) a Polícia Civil e o Ministério Público carioca apresentaram os responsáveis pela execução do crime que chocou o mundo, o ex-policial militar, Élcio Vieira Queiroz, e o policial reformado, Ronnie Lessa, que morava no mesmo condomínio do presidente Jair Bolsonaro. “Foi um crime político, contra a democracia, a liberdade de expressão e a divergência de ideias. É fundamental que os mandantes sejam identificados e presos”, enfatizou o deputado Marcelino Galo, líder da Bancada do PT na ALBA. Uma sessão especial na Assembleia Legislativa, às 9 horas, nesta quinta-feira (14), lembrará a data.

O post Bancada do PT faz ato na ALBA e cobra identificação de quem mandou matar Marielle Franco e Anderson Gomes apareceu primeiro em Marcelino Galo.


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.