13 de November de 2019

Árvore antiga é cortada depois de sofrer poda drástica em Madre de Deus

Os cortes e podas de árvores em Madre de Deus, tem provocado reclamação entre os moradores do município. As podas começaram há pouco mais de dois meses e, entre as plantas que passaram pelo processo, estão árvores de diferentes espécies.

A poda mudou a paisagem em vários pontos da cidade. Em uma praça na Nova Madre de Deus (Nas Casinhas), depois de uma poda no início do mês de abril que cortou completamente a copa de uma árvore, funcionários da empresa que presta serviço a prefeitura voltou ao local na última quarta-feira (24) para cortar a árvore sob a justificativa de que estava podre.

Árvore sendo podada na Nova Madre de Deus.

De acordo com ambientalistas, quando se corta a copa da árvore, ela perde a forma original e fica exposta a fungos no local. Em outra rua do mesmo bairro, 4 árvores também foram cortadas que acabou auxiliando um morador a abrir uma garagem. Não há detalhes se o morador solicitou o corte das duas árvores ou se foi uma iniciativa da empresa com aval da secretaria de serviços públicos.

As imagens chamam a atenção pela poda “drástica” e pela grossura da árvore cortada na praça, que sugere que era antiga e estava saudável. A medida adotada pela secretaria de serviços públicos, não agradou a população, que reclama que as ruas da cidade já são pouco arborizadas. A prefeitura ainda não replantou novas árvores na localidade.

Árvore sofre poda drástica

No centro da cidade,  a imagem do que sobrou da árvore surpreende pela “agressividade” e  ganhou as redes sociais. Um internauta classificou a prefeitura como “gestão cupim”  e questiona:  “Vai deixar o prefeito acabar com o verde que resta na cidade?”.

Internauta questiona poda “drástica” de árvore no centro da cidade.

O Bahia Manchetes não conseguiu falar com o secretário de serviços públicos Jacson Andrade, mas o espaço está aberto para manifestações.

O post Árvore antiga é cortada depois de sofrer poda drástica em Madre de Deus apareceu primeiro em Bahia Manchetes.


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.