19 de November de 2019

Após empate, Tite admite que faltou criatividade para quebrar defesa da Venezuela

O Brasil não conseguiu mais do que um empate sem gols contra a Venezuela na noite desta terça-feira (18), na Arena Fonte Nova, pela segunda rodada do Grupo A da Copa América. O técnico não escondeu sua insatisfação e criticou seus comandados por não conseguirem passar pelo sistema defensivo venezuelano.

Para Tite, faltou criatividade por parte da sua equipe.

“Ela não teve a criatividade que nós buscamos. Quando não faz o gol, fica batendo e a pressa é um pouco demais, ansiosos um pouco demais e fica traduzido em algumas jogadas. A pressa do passe vertical e a característica de ficar procurando a bola para depois encontrar o passe vertical e o número de finalizações fica imprecisas. Ela tem que ser melhor, principalmente quando uma equipe fica fechada”, afirmou na entrevista coletiva.

O Brasil teve três gols anulados pelo árbitro de vídeo. Primeiro com Richarlison, depois com Gabriel Jesus e, por último com Philippe Coutinho. Porém, o treinador do Brasil concordou com todas as marcações. Além de compreender as vaias da torcida.

“Estava impedido, foi falta. [Árbitro] Não fez nada a reclamar. Em relação ao torcedor, ele quer traduzir em gol. É compreensível”, concordou.

Quando o assunto foi Neymar, que se lesionou antes do início da Copa América, e questionado se o camisa 10 seria a peça que faltava para furar o bloqueio venezuelano, o treinador evitou usá-lo como desculpa para justificar o ataque do Brasil ter passado em branco. E negou ter uma dependência do jogador.

“É oportuno para mim para ficar dando desculpa quando a gente não produziu aquilo que ela tem condição de produzir. Ela vai crescer, ela vai produzir. Não vou me ater a esse aspecto, o Neymar faz falta em qualquer equipe do mundo, ele é top 3. Eu quero que ele recupere, que ele esteja bem. Nós temos condições de sermos mais regulares, de termos um pouquinho mais de giro na hora de encontrar a melhor opção do passe, a inversão da jogada, a naturalidade dos movimentos. Nós temos condições independentemente do Neymar ou de qualquer outro jogador”, disse.

Com o resultado, o Brasil segue na liderança do Grupo A com quatro pontos. O próximo compromisso será no sábado (22), às 16h, contra o Peru, no Itaquerão.

O post Após empate, Tite admite que faltou criatividade para quebrar defesa da Venezuela apareceu primeiro em BAHIA NO AR.


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.