8 de January de 2017

Parque de diversões Hopi Hari tem dia de arrastão com feridos

Visitantes do Hopi Hari gritam por Justiça após arrastão que deixou feridos
Visitantes do Hopi Hari gritam por Justiça após arrastão que deixou feridos

O parque de diversões Hopi Hari foi alvo de um arrastão na tarde desta quarta-feira (24), em Vinhedo (SP). De acordo com informações da Polícia Militar, os criminosos aproveitaram o grande movimento no local para roubar objetos dos visitantes. Segundo um dos gerentes do estabelecimento, um grupo de 50 pessoas teria praticado a ação. Pelo menos seis ficaram feridos e foram encaminhados para o Hospital Paulo Sacramento, em Jundiaí (SP). Até o fechamento da reportagem, a Polícia Civil informou que apenas um adolescente havia sido apreendido, pois ele foi o único envolvido no roubo que foi identificado.

De acordo com a assessoria do hospital, os seis pacientes que vieram do Hopi Hari deram entrada no local com ferimentos e escoriações leves, estão em observação e devem ser liberados ainda nesta quarta.

Tensão e medo no parque de diversões Hopi Hari

Os visitantes viveram momentos de tensão durante o arrastão. Um estudante de 17 anos conta que teve medo. “Vinham abordando a gente, puxando todo mundo. Eu fiquei com medo”.

Visitantes do Hopi Hari gritam por Justiça após arrastão que deixou feridos (Foto: Reprodução / EPTV)
Visitantes do Hopi Hari gritam por Justiça após arrastão que deixou feridos (Foto: Reprodução / EPTV)

O professor Hélio Nascimento conta que presenciou cenas de agressão.”Eu presenciei três pessoas que eles estouraram, ou seja, que eles escolheram e foram para cima. Um chegava e dava voadora e outro catava o que tinha”, afirma.

A professora Renata Araújo pontua que no momento da ação havia poucos seguranças no parque. “Eram três ou quatro seguranças para o parque inteiro. Queremos providência. Vários alunos nossos foram assaltados e agredidos”, destaca.

O gerente de experiência e conteúdo, Marcos Zambelli, afirmou que o número de seguranças no local é dimensionado a partir da quantidade de visitantes e que, tão logo foi identificado o fato criminoso no local, a equipe atuou para separar o grupo de aproximadamente 50 suspeitos dos visitantes. Ele afirmou, ainda, que os integrantes do grupo não estavam armados, pois teriam passado por revista na entrada.

Em nota, o Hopi Hari informa que foi surpreendido por uma situação atípica e pontual, em que um grupo de visitantes veio com o único e exclusivo propósito de causar perturbações aos demais. A empresa disse também que adotou todas as medidas necessárias a partir desta constatação para garantir a diversão em um ambiente seguro.


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*