24 de November de 2017

Mãe e filha assumem relacionamento lésbico

Mãe e filha assumem relacionamento lésbico
Mary e Vertasha Carter são mais do que mãe e filha. Eles também são amantes lésbicas.

Mary Carter, a mãe e Vertasha Carter, a filha, formam um casal no mínimo incomum. São amantes lésbicas. Acredite! A mãe e filha assumem relacionamento lésbico. Mary Carter conta que a atração pela Vertasha surgiu quando ela tinha dezesseis anos. “Mas decidimos esperar para ter relações sexuais até que ela tivesse dezoito anos, legalmente de idade. Agora estamos a público assumindo a nossa relação para ajudar outras pessoas que tem relação gay de mãe e filha possam se sentir confiante e sair do armário. Queremos que o mundo saiba que nós amamos uma a outra como mãe e filha e romanticamente. ”

Mãe e filha assumem relacionamento lésbico, o diz a lei?

Se este fato de mãe e filha assumem relacionamento aqui no Brasil é proibido, e vários países do mundo proíbem incesto principalmente por causa da endogamia e os defeitos congênitos que muitas vezes pode vir em conseqüência de um namoro entre familiares de primeiro grau. “Somos mulheres, de modo que Vertasha e eu, obviamente, não podemos gerar filhos”, disse Mary Carter. “Seria uma coisa se fosse pai e filha (ai seria fora de cogitação) ai engravidaria e o bebê nasceria com deformidades, mas não estamos prejudicando ninguém. Nós somos uma nova minoria e só queremos aceitação. ”

Vertasha é aparentemente feliz com o relacionamento também. “Minha mãe ainda é a minha mãe. Ela faz coisas de uma mãe normal: me compra roupas, compra comida. Só muda quando estamos na cama ai somos mulher e marido.


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*