7 de January de 2017

Futsal baiano vai fazendo bonito nas Olimpíadas Escolares

Destaque nas olimpíadas Escolares 2010, para garotos de 12 a 14 anos, que está acontecendo em Fortaleza, no Ceará, a equipe baiana de futsal masculino, vem fazendo boas partidas na competição. No jogo desta quinta-feira (16/9), ainda pela fase classificatória, os meninos baianos venceram, por 3 a 2, o time de Minas Gerais. O jogo parecia fácil, mas se tornou dramático nos minutos finais, quando os mineiros quase fizeram o gol de empate. Com o triunfo, o time, comandado pelo técnico João, precisa de mais um resultado positivo para jogar as finais. Na estréia, venceram Rondônia, por 7 a 5.

Foto da equipe baiana de futsal: Marcus Carneiro/ Ascom/Sudesb
Foto da equipe baiana de futsal: Marcus Carneiro/ Ascom/Sudesb

Os boleiros do futsal vêm agradando a todos, Erik, Nathan e Renan, são uns dos nove garotos que integram o grupo. O camisa dez e capitão da equipe, Erik Badaró, 14 anos, é o cara. Ele joga um futebol alegre e de muita habilidade. Com ele, o time cria as melhores chances de gol. “Eu me espelho em Neymar, jogador do Santos, por ter um futebol moleque, com uma personalidade boa. Quero poder jogar em grandes equipes, mas com muita disciplina e personalidade”, disse o garoto Erik.

Artilheiro do time, com quatro gols, Nathan Meneses, de 13 anos, mostra que ainda tem fome para muito mais tentos, mas não se considera fominha. “O Erik me dá algumas assistências, mas segura muita bola, deveria soltar mais”, acredita. Para o pivô, jogar de forma coletiva, passando mais a bola, torna mais fácil a missão de chegar ao gol. “Por isso que me espelho em Ganso (Santos). Ele tem um futebol diferenciado. Joga para seus companheiros, é assim que gosto de jogar, passando a bola. Porém, o que sei fazer mesmo é botar a bola na rede”, diz.

Para Renan Baleeiro, que joga como fixo, o jogador, para fazer sucesso, tem que ser bom mas tem que ter um comportamento equilibrado também fora de campo. “Kaká, jogador da seleção brasileira, é um exemplo. Por isso me espelho nele. Tenho boa conduta dentro e fora do jogo”, diz Renan.

Outras modalidades

Também na quinta-feira (16/9), as baianas do basquete venceram o Acre, por 36 a 15. Com mais uma vitória podem garantir a classificação para as finais. Já os meninos participaram de um dos jogos mais emocionantes das Olimpíadas Escolares deste ano. Perdendo por dez pontos de diferença, no ultimo período, faltando um minuto para acabar, eles fizeram nove pontos em três cestas de três pontos. Contudo, mais uma vez, ficaram no quase e perderam de 40 a 39.

Os representantes baianos do vôlei e do handebol feminino perderam seus jogos para Pernambuco, por 2 sets a 0, e Distrito Federal, por 23 a 7, respectivamente.


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*