20 de November de 2017

Estrangeiras faturam os títulos do Billabong Surf Eco Festival

Havaiana Coco Ho e francesa Johanne Defay comemoram suas primeiras vitórias no Brasil

A havaiana Coco Ho ganhou o principal título do Billabong apresenta Surf Eco Festival na final contra a peruana Anali Gomez e a francesa Johanne Defay derrotou a paulista Camila Cássia na última bateria do ASP South America Pro Junior Series 2010. Um ótimo público compareceu no sábado decisivo do evento que reuniu grandes valores da nova geração em Salvador. Começou com o masculino na terça-feira, definindo o time sul-americano que vai para o Mundial Pro Junior da ASP. As categorias femininas foram iniciadas na quinta-feira e no primeiro dia a paraibana Diana Cristina garantiu o tetracampeonato sul-americano Pro Junior, com Camila Cássia também confirmando sua vaga para o Mundial.

Marco Fernadez. Foto: Daniel Smorigo (ASP SOUTH AMERICA).
Marco Fernadez. Foto: Daniel Smorigo (ASP SOUTH AMERICA).

As quartas de final da etapa nível 4 do ASP Women´s Star, válida pelo Circuito Sul-americano Feminino Profissional da ASP South America, abriram o sábado de boas ondas de 3-4 pés na Praia da Armação. A única surpresa nessa fase foi a catarinense Gabriela Leite, que registrou o maior placar do dia – 14,67 pontos – para derrotar a tetracampeã sul-americana Pro Junior, Diana Cristina. Depois, Gabriela acabou sendo barrada na semifinal por Anali Gomez, que assumia ali a liderança do Sul-americano Profissional.

A havaiana Coco Ho, que é filha lendário surfista da ilha de Oahu, Michael Ho, passou pela japonesa Sayuri Hashimoto nas quartas e depois pela sua companheira de viagem e grande amiga, a paranaense Bruna Schmitz, na semifinal. Na última bateria do Billabong apresenta Surf Eco Festival, ela começou bem e liderou toda a disputa do título contra Anali Gomez, até ser anunciada como campeã da etapa.

“Não tenho nem palavras, estou muito feliz por vencer aqui na Bahia, no Brasil, que é um lugar que eu gosto muito de vir e agora entra de vez na minha história também”, disse Coco Ho. “É muito bom estar aqui ao lado de amigas brasileiras, deu boas ondas essa semana toda, bem consistentes, então gostei muito de tudo, principalmente hoje que consegui minha primeira vitória em WQS no Brasil”.

A peruana Anali Gomez tentou tudo para reverter o resultado, não parou de caçar as ondas no mar, no entanto não conseguiu achar alguma que pudesse lhe dar a vitória em Salvador. Mesmo assim, sai do Billabong apresenta Surf Eco Festival na frente do ranking sul-americano profissional, deixando sua compatriota, Valeria Sole, em segundo lugar na classificação geral da briga do título que será decidido na próxima semana, de segunda-feira a quinta-feira na Praia Mole, em Florianópolis (SC).

“Fiz tudo o que pude na água, mas a Coco (Ho) realmente pegou as melhores ondas da bateria para ser vencedora”, admitiu Anali Gomez. “Mesmo assim, foi bom chegar a final aqui, gosto do Brasil, da torcida que passa uma vibração da areia, deu boas ondas nesta semana, então só tenho que comemorar esse resultado. Agradeço a Billabong por fazer esse campeonato, eu não sabia, mas agora lidero o ranking sul-americano e vou animada tentar conquistar este título semana que vem lá em Florianópolis (SC)”.

No 4 estrelas feminino, as brasileiras Gabriela Leite e Bruna Schmitz, que faz parte da elite mundial do ASP Women´s Tour como Coco Ho, dividiram a terceira posição no pódio, com ambas sendo barradas nas semifinais. Já na etapa final do Sul-americano Pro Junior, Bruninha repetiu o resultado ao perder para a francesa Johanne Defay, mas Camila Cássia derrotou a havaiana Coco Ho para colocar o Brasil na primeira decisão feminina do Billabong apresenta Surf Eco Festival em Salvador, na Bahia.

“Ela (Johanne Defay) deu mais sorte de pegar ondas abrindo mais do que as minhas, eu errei na minha melhor que poderia até me dar a vitória, mas estou feliz assim mesmo”, disse Camila Cássia. “Essa é minha segunda final seguida do Pro Junior, terminei como vice-campeã sul-americana e classificada para o Mundial, então é só felicidade mesmo por poder ir competir em Bali e na Austrália pelo Brasil”.

O fato de estar competindo sem as melhores condições físicas, com dores no joelho e na região lombar de uma queda sofrida durante uma etapa do Circuito Brasileiro em Balneário Camboriú (SC) na semana passada, Camila Cássia mostrou-se uma guerreira dentro d´água e perdeu por pouco para Johanne Defay. O placar foi de 11,83 x 10,80 pontos e a francesa festejou a vitória em sua estreia no Brasil.

“Estou muito feliz. É a primeira vez que venho ao Brasil, tinha perdido no WQS, então vencer o Pro Junior foi demais. Gostei das ondas daqui da Bahia, da cidade de Salvador, das pessoas, foi muito legal ter vindo pra cá conhecer tudo isso”, falou a francesa Johanne Defay, de 15 anos. “Não tinha competido com a Camila (Cássia) ainda. Vi outras baterias dela, surfa bem, mas eu consegui achar boas ondas na final para vencer e estou muito feliz. Espero voltar aqui no ano que vem”, prometeu.

O Billabong apresenta Surf Eco Festival 2010 foi realizado pela Dendê Produções e Axé Mix com patrocínio da Petrobras, Skol, Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria Turismo (Setur) e Bahiatursa; Prefeitura Municipal de Salvador, através da Secretaria de Educação; Azul Linhas Aéreas e Makai. Apoiaram o evento a Publimex, Rede Outlight, Uranus 2, Anônima; AL 2 e Mídia Bus. As três provas foram homologadas pela ASP South America e Federação Baiana de Surf (FBSurf).

RANKING SUL-AMERICANO PROFISSIONAL – 2 etapas:
01: Anali Gomez (PER) – 1.048 pontos
02: Valeria Sole (PER) – 860
03: Bruna Schmitz (BRA) – 730
03: Gabriela Leite (BRA) – 730
05: Diana Cristina (BRA) – 610
05: Luana Coutinho (BRA) – 610

RANKING FINAL DO SUL-AMERICANO PRO JUNIOR:
Campeã: Diana Cristina (BRA-PB) – 3.960 pontos
Vice-campeã: Camila Cássia (BRA-SP) – 3.815
3.o lugar: Gabriela Leite (BRA-SC) – 3.080
4.o lugar: Barbara Segatto (BRA-ES) – 3.045
5.o lugar: Valeria Sole (PER) – 2.673

RANKING ASP WORLD STAR – 9 etapas:
01: Sally Fitzgibbons (AUS) – 12.120 pontos
02: Laura Enever (AUS) – 11.400
03: Courtney Conlogue (EUA) – 10.920
04: Tyler Wright (AUS) – 10.320
05: Claire Bevilacqua (AUS) – 9.240
06: Paige Hareb (NZL) – 8.640
06: Alana Blanchard (HAV ) – 8.640
06: Cannelle Bulard (REU) – 8.640
09: Jacqueline Silva (BRA) – 8.520
09: Nicola Atherton (AUS) – 8.520

RESULTADOS DO SÁBADO EM SALVADOR:

FINAL DO ASP 4-STAR:
Campeã: Coco Ho (HAV) com 7.97 pontos – US$ 3.500 e 1.000 pontos
Vice-campeã: Anali Gomez (PER) com 7.03 pontos – US$ 2.000 e 860 pontos

SEMIFINAIS DO ASP 4-STAR – 3.o lugar – US$ 1.600 e 730 pontos:
1.a: Anali Gomez (PER) 10.70 x 9.67 Gabriela Leite (BRA)
2.a: Coco Ho (HAV) 10.17 x 7.67 Bruna Schmitz (BRA)

QUARTAS DE FINAL DO ASP 4-STAR – 5.o lugar – US$ 1.100 e 610 pontos:
1.a: Anali Gomez (PER) 7.44 x 5.33 Luana Coutinho (BRA)
2.a: Gabriela Leite (BRA) 14.67 x 5.80 Diana Cristina (BRA)
3.a: Coco Ho (HAV) 12.94 x 4.93 Sayuri Hashimoto (JAP)
4.a: Bruna Schmitz (BRA) 8.76 x 5.60 Valeria Sole (PER)

FINAL DO PRO JUNIOR SUL-AMERICANO:

Campeã: Johanne Defay (FRA) com 11.83 pontos – US$ 900 e 1.000 pontos
Vice-campeã: Camila Cássia (BRA) com 10.80 pontos – US$ 600 e 860 pontos

SEMIFINAIS DO PRO JUNIOR – 3.o lugar – US$ 300 e 730 pontos:
1.a: Johanne Defay (FRA) 7.26 x 5.17 Bruna Schmitz (BRA)
2.a: Camila Cássia (BRA) 11.50 x 9.20 Coco Ho (HAV)

João Carvalho – Assessoria de Imprensa da ASP South America – (84) 8113-8860


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*