20 de November de 2017

Dia do professor

Profissional da educação encara desafios como baixa remuneração, escolas sem estrutura e falta de respeito da sociedade

 

Dia dos professores
Professora em ação. Foto: Camila Souza/GOVBA

Neste 15 de outubro celebra-se mais um dia Nacional do Professor, embora o Brasil tenha a educação como entretanto a classe diz ter pouco a comemorar. Pesquisa Internacional sobre Ensino e Aprendizagem (Talis), da Organização para a Cooperação (OCDE), divulgada este ano, revelou que são muitos os desafios a serem vencidos pelos professores do ensino básico. Quase 90% dos professores brasileiros acreditam que a profissão não é valorizada na sociedade. Mesmo assim, a maioria (87%) sente-se realizada com o trabalho. Também, segundo a pesquisa, 20% do tempo em sala de aula são usados para controlar o comportamento dos alunos.

A baixa remuneração dos professores, que ainda não têm o piso nacional respeitado em todos os municípios e a falta de estrutura e segurança nas escolas está entre as causas que fazem com que a profissão seja pouco procurada pelos jovens. O fenômeno  é nacional e de acordo com a prévia do Censo do Ensino Superior de 2013, divulgada em setembro pelo Ministério da Educação (MEC), o número de matriculados nos cursos de licenciatura em todo o país tem caído nos últimos quatro anos. Na Universidade Estadual da Bahia, por exemplo,  um dos cursos de Salvador chegou a perder mais de 80% dos candidatos: de 482 inscritos, em 2010, caiu para 70, em 2014. Na Universidade Federal da Bahia a situação é semelhante e a concorrência passou de 3,89 (350 para 90 vagas) para 1,69 (122 para 72 vagas) em 2013.

 

 


1 Comentário em Dia do professor

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*