18 de October de 2017

Brasileiro de Bicicross contou com público e atletas de vários estados

As duas arquibancadas da Pista Tertuliano Torres, na Praia do Corsário, em Salvador, ficaram lotadas de crianças, jovens a adultos de vários estados do Brasil, que vieram prestigiar o Campeonato Brasileiro de Bicicross, neste domingo (5/9). É o segundo ano consecutivo que a capital baiana sedia o evento, que, mais uma vez, contou com o apoio do Estado, por meio da Sudesb.

O campeonato contou com a participação de 350 atletas, de 38 categorias e 20 estados, como Catarina,Bahia, Pernambuco, Minas Gerais, Mato Grosso e Sergipe. “Moro em São Paulo, estou passando férias na Bahia, vim à praia com meus filhos, quando eles viram de longe a movimentação, as manobras dos pilotos, não resistiram. Resolvemos deixar o banho de mar para mais tarde e estamos aqui curtindo este campeonato maravilhoso”, afirmou Maria Aparecida Reis.

Entre os participantes estava o piloto holandês Bob Westrop. “ Estou aqui porque gosto de enfrentar novos desafios. Tinha uma viagem programada para Salvador, quando fiquei sabendo do campeonato resolvi antecipar para participar. Estou super alegre, e ansioso para entrar na pista”, dizia o holandês, antes de entrar em ação.

A Bahia reuniu atletas de várias idades. Entre os destaques da competição estava o pequeno Iago Mateus, que venceu a categoria Boys 11. “Gosto de praticar esporte e estou muito feliz com o resultado”.  Ele tem apenas 10 anos e acumula no currículo várias conquistas, como campeão sergipano e baiano 2010, campeão norte-nordeste 2009. Além do bicicross, Iago é campeão baiano de Jiu-Jitsu e ainda joga futebol na divisão de base do Bahia.

Outro destaque da competição foi Taise Lanusa, a única pilota baiana que corre na categoria elite feminina. A atleta é atual campeã paulista. Em 2009 ficou em 5º lugar no Latino Americano. Neste domingo não foi diferente, dominou a categoria e somou mais um prêmio. “O evento foi maravilhoso, a pista está ótima, e competir com vários estados é importante para renovar conhecimento e técnica”.

Atleta de Camaçari, Givaldo Pereira venceu todas as oito baterias que disputou. “Trabalhei com muita força e determinação porque não temos pista no município onde moro e, para mim, é uma grande vitória”, comentou o atleta.

O principal destaque da competição foi Luiz Markiewicz, de Santa Catarina, que venceu a categoria Elite Men. Os catarinenses ficaram com essa que foi a principal vitória individual, mas também puderam comemorar o triunfo por equipe. Eles foram seguidos por: Distrito Federal, Bahia, Pernambuco, Minas Gerais e Mato Grosso.


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*